Manganês 10

Tal como o Cu2+ e o Fe2+ o Mn é absorvido na forma de Mn2+ e está ligado diretamente as reações de óxido redução na planta pela sua capacidade em alteração de sua valência (Mn2+ reduzido para Mn4+ oxidado), atuando diretamente na fotossíntese e respiração celular. Apresenta baixa mobilidade na planta e compõem de 0,001% a 0,7% a matéria seca dos vegetais. A deficiência do Mn2+ é expressa por uma clorose internerval, encarquilhamento e saliência de folhas mais velhas na planta, isso deve-se principalmente ao seu papel conjunto com o Cl- na fotólise da água e efeito direto na capacidade do vegetal em transformar a energia radiante em química, que é reduzida, ocasionando o acúmulo de compostos oxidantes e diminuição na síntese de fotoassimilados e seus derivados diretos. Outras funções estão ligadas ao metabolismo do N, ocasionando acúmulo de nitrato (NO3-), atividade auxínica e síntese protéica

CONCENTRAÇÃO DE

NUTRIENTES


N P2O5 K2O Ca Mg S Fe B Zn Mn Cu Mo Co D(g/cm3)*
- - - - - 4,50 - - - 10,00 - - - 1,30

INTRUÇÕES

DE USO


CULTURAS DOSAGEM POR APLICAÇÃO (/ha) ÉPOCA DE APLICAÇÃO
1,5 a 3 Lts. Dos 25 aos 30 dae